Pesca Com Iscas Artificiais

Oi pessoal!

Depois varias perguntas sobre o uso de iscas artificiais em pesqueiros, decidimos iniciar uma série de matérias introdutórias sobre o objecto. Qualquer semana apresentarei um tópico dissemelhante, confira!

Introdução:
Comecei a pescar com iscas artificiais há um par de anos mais ou menos, depois presenciar em Ubatuba/SP um Sr. tirar da chuva um robalão agarrado no stick. Fiquei atónito com a “engenharia” empregada nessa pesca: Equipamento, lançadura, trabalho da isca, traço, snap, etc, tudo calibrado para prometer o sucesso da pescaria.

Chegando à capital, pesquisei na web tudo o que poderia ser útil para iniciar minha jornada. Com o equipamento comprado, comecei a visitar pesqueiros para treinar lançadura e também quem sabe, fisgar qualquer peixinho desaparecido por lá.

Por muitas vezes, passei horas arremessando e também não tive sequer uma ação. Trocando idéias com pequeno número de amigos pescadores, decidi adquirir umas iscas de cores diferentes e também intervalar o trabalho das iscas. Foi em uma Inna70 de cor prata com dorso limão que fisguei meu primeiro peixe. Uma traíra!

Muita gente como que os peixes de pesqueiro não atacam as iscas artificiais, porque estão extremamente acostumados com as rações, porém o fato é que com um tanto de busca, técnica e também reparo concluí que os predadores não perdem suas peculiaridades e também atacam as iscas artificiais.

Atualmente, com alguma bagagem e também experiência de pescarias em Morro da Mesa, Furnas e também Amazônia, tenho sucesso na pescaria de matrinxãs, pintados, dourados e também traíras na maior número dos pesqueiros da capital e também esperamos que com essa série, você se torne mas um aderente desta tipo que apaixona.

Vamos ao que interessa a Pesca Com Iscas Artificiais!

Pesca Com Iscas Artificiais

Dignidade básicos:

Para você que nunca viu falar de isca sintético, prosseguirei explanar número reduzido de ideias básicos e também bastante essenciais :

Há sobretudo três (3) tipos de iscas artificiais no mercado: superfície, meia chuva e também altura.

Superfície – Iscas que possuem flutuação, geralmente com campainha interior, para irritar os peixes e também fazer com que o mesmo ataque a isca. Seu trabalho é possível que ser muito diferenciado conforme o protótipo da isca utilizada. Aquém certos mas utilizados:

Zaras:
Iscas que nadam em “Z”. Imitam répteis e também peixinhos nadando na superfície.

Poppers:
Possuem bisel defronte, para imitar outro predador caçando.

Sticks:
Característico por utilizar um peso na traseira da isca, fazendo com que ela fique na posição vertical. Imita sobretudo um peixe golpeado.

Meia chuva – Iscas que são desenhadas para trabalhar inferior da superfície da chuva. Possuem barbela na secção frontal a fim de que a isca afunde durante o recolhimento.

As formas com que as curvas da isca são projetadas determinam sobretudo seu movimento, imitando perfeitamente o nato de peixes. Há uma infinidade dessas iscas nas moradias de pesca.

Sinking Minnow:
Padrão diferenciado, onde a isca não flutua ao soltar na chuva.

Shallow Runner:
Iscas de barbela curta que atingem pequenas profundidades.

Deep Runner:
Iscas de barbela longa, que atingem profundidades altas. Bastante utilizadas em pesca de corrico, onde o embarcação em movimento faz com que as iscas nadem muito profundeza.

Crankbait:
Variação da deep runner, porém menor e também mas robusta.

Altura – Iscas que possuem um peso e também atingem o profundeza de onde se está pescando. Neste padrão destacam-se os jumping jigs, que são feitos essencialmente de metal (aço escovado, coloridos e também envernizados).

Seu trabalho depende principalmente do pescador. Simplória movimentos de ponta de vara com variação de profundidade; Toques de vara com recolhimento de traço momentâneo, etc.

Epílogo :
Embora pareça complicado, com algo de paciência é provável conseguir bons resultados com iscas artificiais.

Deste modo finalizamos os dignidade teóricos da primeira secção deste material. Na prolongamento, falaremos de equipamentos e também dicas para acavalar seu tralha e também transpor pescando, não perdida!

Incentive o nosso esporte. Pesque e também solte constantemente!

Caso tenham alguma incerteza, estou a organização no mail robson@fishingturcom.br

Dúvidas, Críticas e também Sugestões também podem ser feitas por intermédio de nossos comentários para fins de todo material.

Leave a Reply